Netflix diz para parar de maratonar

Netflix diz para parar de maratonar

julho 13, 2022 By settimiz

É inegável que a Netflix tem uma participação significativa na cultura pop hoje. Desde o seu lançamento, ela popularizou séries e filmes, sendo responsável por revolucionar a forma como as pessoas assistem e interagem com conteúdos audiovisuais.

Uma parte dessa revolução foi a possibilidade de acessar filmes e séries facilmente da sua casa. Com a Netflix as pessoas podem assistir a vários filmes e séries na hora que desejarem, em vários dispositivos. Se antes precisavam esperar que o episódio de uma série fosse televisionado, agora podem assistir com alguns cliques.

A Netflix quer que você maratone

Outro aspecto que a Netflix também popularizou, que também causou uma revolução na forma como as pessoas assistem a programas de TV, foi o hábito de maratonar. Antes, para assistir a uma série, os espectadores precisavam esperar uma semana para que o próximo episódio fosse liberado. A Netflix mudou isso.

Uma prática que se tornou muito comum para os programas originais da plataforma foi o lançamento de todos os episódios da temporada de uma só vez. Assim, os espectadores poderiam assistir toda a temporada de uma só vez.

Isso também é facilitado por algumas características da plataforma, como o fato de que o próximo episódio da série inicia apenas alguns segundos depois do final do último, sem necessidade de nenhum clique.

Outra evidência de que a Netflix queria tornar a maratona de séries a principal forma de os espectadores assistirem aos seus produtos foi uma divulgação do final de 2013. Nela, a Netflix inicia com a afirmação “Netflix Declara que Maratonar É o Novo Normal”.

Por tudo isso, parece que a Netflix queria que os seus usuários maratonassem as séries que produzia. Mas parece que isso se alterou recentemente.

A Netflix mudou de ideia sobre maratonar?

Uma entrevista com um dos atores de uma série da Netflix chamou atenção para o que parece ser uma nova postura da Netflix com relação à maratona de séries.

The Innocent é uma série adolescente com aspecto sobrenatural lançada na plataforma em 2018. Durante o período de divulgação da série, os atores foram convidados a participar de várias entrevistas. Em uma delas, um dos principais atores da série deixou escapar uma orientação dada pela empresa.

Um entrevistador do podcast Empire Magazine perguntou a Guy Pearce, um dos atores da série, se as pessoas iriam “maratonar” os episódios. A resposta de Guy foi surpreendente. Segundo o ator, a Netflix teria pedido claramente que eles não falassem sobre maratonar durante as entrevistas sobre a série.

“Quando fizemos a promoção [para The Innocents], nós fomos especificamente meio que instruídos de antemão a não falar sobre ‘maratonar’”, afirmou o ator na entrevista. “Eu não acho que a Netflix gosta dessa palavra”, ele acrescentou.

Uma análise realizada pelo site Business Insider afirma que a empresa parece estar buscando se afastar da ideia de ‘maratonar’. Cabe notar que o termo em inglês para isso – binge watch – é relacionado com um tipo de compulsão. Esse termo (binge) é muito utilizado para ações como comer compulsivamente, beber ou usar drogas.

Ainda que o termo em português não tenha o mesmo sentido de sua versão na língua original, a Netflix parece estar buscando banir o termo, por sua conotação negativa.

Até o momento a Netflix não se posicionou publicamente sobre esse assunto, mas a empresa parece estar fazendo um esforço para refazer sua marca. Dessa forma, o streaming estaria limpando sua imagem, desassociando-se do termo infame binge e buscando uma imagem mais “intelectual”.

 

O que você acha do termo maratonar? Acha que a Netflix está certa de se afastar do termo, ou acha que isso já faz parte da cultura que a Netflix modelou?