O sonho de Londres no comércio eletrônico “Wine not Italy” é a história mais bonita que vais ler hoje

O sonho de Londres no comércio eletrônico “Wine not Italy” é a história mais bonita que vais ler hoje

julho 20, 2020 Off Por carolcfuenmayor

Graças o novo comércio eletrônico “Wine not Italy” uma empresária italiana Alessandra D’Onofrio faz realidad eum sonho: vender só os melhores vinhos italianos laureados na cidade de Londres!

Vinhos italianos

“Precisamos mais derrotas do que vitórias e recompensas de Constância” comenta Alessandra D’Onofrio romana de nascimento e agora uma empresaria conhecida no mundo de Londres pela qualidade dos seus vinhos. Começou desde baixo comum grande desejo de trabalhar, madre solteira e com dois filhos abre em 2016 o “Wine not Italy” um comércio eletrônico de só vinhos italianos laureados.

“A ideia era realçar muitos vinhos italianos laureados mas não muito conhecidos no Reino Unido assim que tomei a decisão de abrir as portas à Londres e promover estes vinhos excecionais com preços competitivos e acessíveis, e aquí está o primeiro comércio eletrônico onde cada eleição é ótima e está garantida”. Explica-nos a empresária romana.

De lágraças àuma mistura de coragem, habilidade e determinação o passo para realização do projeto foi curto.

“O mundo online sempre tinha tido uma atenção particular da minha parte, e ao mismo tempo quería que as bodegas medianas e pequenas com o seu ótimo vinho feito em Itália foram mais conhecidas.

Eu começo a viajar e cheguei à Londres, aquí percebo que as compras online eram parte da vida diaria até de pessoas maiores e a facilidade para satisfazer até as suas mais pequenas necessidades deixo-me assombrada, maravilhada, assim que o meu projeto começou”.

Wine not Italy - Web site

Alessandra fala-nos sobre a tua experiência laboral.

Nascí como administrativa os numeros sempre tinham sido a minha paixão, depois de algumas experiências em empresas de diversas entidades e tipos, mudei-me a uma grão empresa onde decidem integrarme na equipa de RRHH. Esta experiência foi de grão ajuda para mim, para crescer profissionalmente mas alem disso para ter maior relação com as pessoas, e por tanto, adquirir uma maior habilidade de relacionamento. À tudo isto adiciona-sé uma grão dosis de ambição pelo que depois de uma primeira experiência numa empresa de corretagem comercial italiana com outros dois sócios, eu decidi caminhar sozinha”.

Voltemos à atividade. Cuais são os desafios que devem enfrentar-se?.

“As dificuldades não foram poucas, porquê cada passo requisitou um maior compromisso tanto pelo idioma assim como pela falta de conhecimento das regulamentações de um país que não é o teu, mas posso dizer que o Reino Unido é meritocráticoe a profissionalidade, habilidade e equidade são recompensadas.

Se você é cuidadoso e sigue os protocolos, todo corre bem, então, no que respeita ao mundo online e ao longo dos anos tinha tentado apreender tanto como me foi possível, tambem através dos mestres no setor.

comércio eletrônico

Abrir um negócio de comércio eletrônico para muitos pode parecer um jogo mas há muito trabalho, só pensar no fato de tu seres uma loja virtual num mar de concorrentes. Saber como é que funciona bem o marketing nas redes sociais obviamente ajuda para te dares à conhecer, então a qualidade do serviço e dos produtos que oferecem-se são primarios.

“Wine not italy” oferece aos seus clientes a oportunidade de viver a misma experiência de compra de uma loja fora do mundo online, com todas as vantagens do mundo físico combinadas com a flexibilidade da tecnologia e comodidade do seu lar”.

Vinhos italianos

Você pensa que as empresas italianas estão prontas?

Eu acho que há cada vez mais empresas a introduzir-sé no mundo online especialmente em Itália onde o porcentagem de compras online é muito mais baixo e acho que o periodo posterior ao covid tem-le dado à muitos uma consciência do potencial que este mundo pode ter para as suas empresas”.

Em conclusão hoje há jovens que aceitam o desafio de tornarse empresários, cual é o conselho que você pode dar-lhes?

“O meu conselho para aqueles que iniciar um novo negócio é ter uma compreensão clara dos objetivos e a forma de alcançar-los, um bom plano de negócios, uma ideia empresarial que tenha uma boa base e avalie as ferramentas para os empreendedores e logo muita determinação”.