Bitcoin Bitcoin -3.42% $40285.5
-3.42%
30361.92 BTC $756304117760.00

Os 5 golpes online mais populares que você deve conhecer em 2021

Os 5 golpes online mais populares que você deve conhecer em 2021

março 16, 2021 0 By carolcfuenmayor

Com a tecnologia cada vez mais avançada, os bancos estão se superando na adição de serviços bancários que podem ser acessados ​​em várias plataformas e aplicativos. Quando os clientes pensam em conveniência bancária, os bancos online são o que imediatamente vem à mente.

Infelizmente, com os tempos econômicos difíceis, os criminosos virtuais e fraudadores também estão cada vez mais experientes em tecnologia. Isso levou ao aumento de fraudes que vitimaram clientes de bancos online em 2020.

Como acontece com todos os tipos de fraudes, a melhor maneira que os clientes podem evitar as fraudes é estar informado e totalmente cientes dos possíveis perigos que se escondem no espaço virtual.

Aqui estão os 5 golpes online mais comuns que os consumidores devem estar cientes em 2021:

1. Phishing

Embora muitos consumidores de serviços bancários online já estejam cientes do que é phishing, muitos deles ainda são vítimas dele. Em fraudes eletrônicas, o phishing é talvez a forma mais antiga de roubo de identidade.

Os golpistas enviam um e-mail de aparência autêntica que supostamente vem do banco da vítima, solicitando que ela atualize as informações de sua conta por vários motivos aparentemente oficiais.

O cliente será então solicitado a clicar em um link que deveria direcioná-lo ao site do banco, mas em vez disso o leva a um site que se parece exatamente com o site oficial, mas na verdade é fraudulento, onde os golpistas podem registrar quaisquer dados do cliente.

Para evitar ser enganado por um esquema de phishing, nunca clique em links suspeitos. Se alguma atualização de conta precisar ser feita, acesse o site digitando o site oficial do banco (geralmente http://www.nome-de-banco.com) você mesmo.

Se você receber qualquer “e-mail do banco”, ligue para seu banco para confirmar se esta é uma comunicação legítima.

2. Senhas roubadas

Roubar, crackear ou adivinhar senhas é outro método amplamente usado por hackers para obter acesso a contas bancárias ou transações financeiras.

Estudos têm mostrado que os hackers mais experientes e tecnologicamente avançados podem fazer cerca de um bilhão de tentativas de adivinhação em um segundo.A melhor prevenção que os clientes têm contra esses ataques é usar senhas mais seguras.

As senhas mais longas geralmente são mais difíceis de decifrar, assim como as senhas compostas por letras e números.

Além disso, se você não puder salvar suas senhas na memória, certifique-se de registrá-las em um documento seguro e não à vista de ninguém que passe por sua mesa de escritório.

3. Ataques de worm ou vírus

Outra forma de golpe online que está se tornando mais popular atualmente é o uso de worms ou vírus. Considere este cenário: um “amigo” seu no Facebook o convida para assistir a um vídeo imperdível.

Pensando que você conhece o remetente de qualquer maneira, você clica no link para assistir. Em seguida, o computador congela e você é informado de que o software de vídeo precisa ser atualizado.

Depois de clicar em “atualizar”, o que você obtém não é uma versão atualizada do seu reprodutor de vídeo, mas um Malware ou Cavalo de Tróia.

Assim que o vírus entrar em seu computador, a maioria dos dados em seu computador será copiada e enviada para os hackers, que então usarão todas as informações que puderem coletar para acessar contas bancárias ou documentos financeiros.

Existem tipos ainda mais avançados de Trojans que podem fazer transferências fraudulentas enquanto um cliente está conectado ao site do banco.

Para proteger o seu computador contra Trojans e Malware, que agora estão se tornando muito comuns, invista em um software antivírus atualizado e eficaz.

4. Software malicioso em computadores em locais públicos

Os criminosos virtuais também aprenderam a arte de atacar indivíduos usando computadores públicos. Esses hackers chegam a trabalhar em hotéis, aeroportos, cyber cafés e outros centros de negócios onde as pessoas vão para acessar a internet.

Eles começam seus esquemas fraudulentos instalando software nos computadores que registra as teclas digitadas no computador.

Assim que alguém acessar um site de banco online por meio desses PCs, os dados da conta, como nome de usuário ou senha, serão armazenados pelo software malicioso instalado anteriormente e enviados para os computadores do golpista.

Portanto, é aconselhável evitar o acesso às suas contas online ao usar computadores em locais públicos.

5. Ataques a redes sem fio

Embora o uso de uma rede sem fio possa ser um acesso móvel muito conveniente à internet, também é muito vulnerável a ataques de hackers, incluindo interferência, sequestro, espionagem e outros ataques semelhantes ao seus dispositivos.

Tome cuidado extra ao usar redes sem fio, especialmente fora de sua casa ou do seu escritório, embora mesmo esses locais ainda possam ser invadidos por golpistas.

Conheça algumas maneiras de proteger sua conta corrente

Sua conta pode ser vulnerável a fraudes, mas você pode tomar medidas simples para protege-la e garantir que suas informações permaneçam seguras.

Desde manter as informações da sua conta fora do alcance de outras pessoas até manter-se atualizado sobre o seu saldo e extratos e manter uma linha de comunicação aberta com o seu banco, essas dicas são fáceis, mas necessárias.

1. Mantenha-se atualizado sobre seus extratos mensais

Manter-se atualizado com a atividade de sua conta e revisar cuidadosamente seus extratos a cada mês serve a dois propósitos importantes. Em primeiro lugar, se você sabe quanto dinheiro está em sua conta o tempo todo, você não gastará ou retirará além do seu limite.

Em segundo lugar, você deve revisar seu extrato para garantir que todas as cobranças, débitos, pagamentos e retiradas feitas em sua conta são transações que você autorizou. A melhor maneira de fazer isso é vasculhar cuidadosamente seu extrato mensal.

2. Mantenha as informações da sua conta o mais privadas possível

Você nunca entregaria a um estranho seu número de conta e informações de acesso, portanto, certifique-se de fornecer essas informações apenas a empresas em que você confia.

Não responda a nenhuma solicitação com o número da sua conta e informações de acesso: essa é a maneira mais fácil de prevenir uma fraude.

3. Fique em contato com seu banco

Ao primeiro sinal de fraude ou problemas com sua conta, entrar em contato com seu banco deve ser a primeira etapa. Quanto mais você esperar antes de ligar ou visitar seu banco, mais tempo levará para a instituição resolver o problema existente.

Certifique-se de guardar cópias de todos os documentos envolvidos na atividade suspeita. Se sua conta foi fraudada, você também pode precisar entrar em contato com as autoridades.