É possível transformar água do mar em água potável?

É possível transformar água do mar em água potável?

dezembro 24, 2020 0 By carolcfuenmayor

Quem já foi a praia sabe que além de não ser saudável, o gosto da água do mar não é dos melhores. Já pensou se tivesse um jeito de transformar essa água do mar em água possível de ter tomada?

Há muitas pesquisas e estudo na tecnologia para que isso seja feito em grande escala. Há uma pesquisa com uma equipe do mundo inteiro que fez um método que consiga converter em grande quantidade a água do mar para água potável em apenas meia hora.

É algo que ainda está em desenvolvimento, mas que pode ser um grande prodígio nessa área. Por meio de energia solar, está sendo projetado para que seja levado a milhões de pessoas, água possível de ser digerida.

O que traz muitos benefícios, pois estaria usando uma energia limpa e ainda acabando com a sede de milhões de pessoas. O que é comprovado pela Universidade Monash.

Como é feito o processo de conversão da água?

Com certeza isso é um processo que ajudará principalmente as populações que tem menos acesso a água, que estão isoladas da parte urbana. O desenvolvimento é capaz de fazer centenas de litros d’água possível de beber por dia.

Esse procedimento pode ser feito por meio de luz solar para fazer a limpeza na água, o que diminui o investimento e também contribui para um meio ambiente mais sustentável.

Durante a limpeza da água, o filtro utilizado ele impede as moléculas dos sais da água e é exposto a luz do sol para regenerar o sal. Para fazer isso, leva-se apenas alguns minutos para finalizar, e com isso começar outro ciclo rapidamente.

Todo o procedimento leva menos de quatro minutos e o filtro pode facilmente retirar o sal da água novamente.

Um grande passo para a humanidade sustentável

Segundo a Organização Mundial de Saúde, para que a água esteja em um nível ideal para beber, tem que ser um sólido dissolvido total (TDS) de menos de 600 miligramas por litro (mg/L).

Os pesquisadores nesse desenvolvimento foram capazes de chegar ao nível de TDS inferior a 500 mg/L. É possível gerar quase 140 litros de água potável.

Isso é uma ótima ideia para que diminua a escassez de água no mundo inteiro. Pois, com uma grande quantidade de aparelhos e alto investimento, a quantidade de conversão para água potável é muito maior.

Há uma quantidade de sal no mar, porém com esse processo de converter por meio dessa nova tecnologia, a água pode ser tratada de forma confiável e ser acoplado a outros sistemas aquáticos que não prejudicam a saúde.

Outras tecnologias

Outras tecnologias como dessalinização térmica evaporativa, possuí uma desvantagem que se tem a levar em consideração, como o alto consumo de de energia e também por utilizar produtos químicos.

Por isso esses novos desenvolvimentos possuem grandes vantagens, pois além de não usarem muita energia, também não é preciso produtos químicos que agridem o meio ambiente. Essa nova tecnologia com certeza estará presente em futuras soluções de água potável.

Esse processo de usar a energia solar não é uma novidade, já é utilizada por muitos anos. Simplesmente a água evapora e no processo de condensação se torna doce. Porém, isso demora horas para ser produzido em poucas quantidades. Para os pesquisadores de Universidade Monash, a luz solar é usada para reciclar o material, o que faz o processo demorar apenas minutos.

Claro que para ter um aparelho desses é preciso um alto investimento, pelo menos nesse começo de desenvolvimento. Ainda não é possível criar algo assim que seja de fácil acesso para a população.

Por isso se espera que no futuro, quando for produzido em larga escala, mais pessoas tenha acesso e possa fazer com que mais famílias carentes possam se beneficiar dessa tecnologia.